terça-feira, 15 de julho de 2014

Venha..


Meu corpo sedento, não sabe mais o que é calmaria..
Treme ao teu toque, estremece com tua voz.
Nas noites só, pede por teu corpo.
Minha boca seca, quase a implorar teus beijos..
Venha, me faça tua mais uma vez.
Se aposse de meu corpo, de mim..

 Estes são devaneios de uma alma sedenta de desejos, Suzi..





3 comentários:

Orlando N. disse...

Grata surpresa encontrar o seu post.
Delicioso...
Voltando a exprimir-se aqui, ou...
pit stop só?
O tempo dirá
Bjo carinhoso
O.

Suzi disse...

Orlando, Voltando aos poucos, devagarinho, mas voltando pra ficar!
Beijos

Ronaldo Ventura disse...

Bom te ler.